Go to Top

MOVIMENTO ARTE E CULTURA DE SANTARÉM REALIZA CORTEJO FÚNEBRE FRENTE AO DESCASO CONTRA PATRIMÔNIO ARQUITETÔNICO

CULTURA| No último domingo (21/09) a classe artística e demais segmentos sociais realizaram um Ato em forma de Cortejo Fúnebre devido ao descaso com o Patrimônio Arquitetônico da cidade de Santarém/Pará.

O Ato foi uma proposta do Movimento Arte e Cultura de Santarém (MACS), criado a dois meses, porém de representatividade extremamente significativa ao Cenário Cultural Santareno.

CulturaAmazonica05CulturaAmazonica01

O MACS nasce com o objetivo de lutar pela inserção da cidade de Santarém no Sistema Nacional de Cultura e a implantação imediata do Sistema Municipal de Cultura.

Com a recorrente destruição do patrimônio arquitetônico e cultural da cidade e a descaracterização de diversos prédios em Santarém, o MACS buscou apoio da OAB para que fosse formalizada denúncia ao Ministério Público sobre a destruição do patrimônio arquitetônico, paisagístico e cultural da cidade decorrente da omissão do Governo Municipal.

CulturaAmazonica03CulturaAmazonica04

Com objetivo de mostrar a realidade para a população foi organizada uma campanha nas redes sociais para a realização de um ato simbólico em forma de um Cortejo Fúnebre para protestar sobre o descaso com as Políticas Cultura em Santarém/Pará.

CulturaAmazonica08CulturaAmazonica09

O Cortejo Fúnebre aconteceu na Praça de São Sebastião e percorreu a frente da cidade, realizando um trajeto próximo aos prédios destruídos, seguindo até a igreja da Matriz de Nossa Sra. da Conceição e finalizando no Casarão Tapajônico, patrimônio destruído recentemente.

O ato teve uma grande participação da sociedade, onde portavam velas e caixão para representar o descaso da Cultura local.

Fotos: Fotoclube Tapajós/ Adrio Denner

CulturaAmazonica07

Comentário

Comentário

%d blogueiros gostam disto: