Go to Top

EXPOSIÇÃO “REGISTROS URBANOS” REESTRÉIA COM VISITAÇÃO ACESSÍVEL PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL

EXPOSIÇÃO| Na última quinta-feira (20/11), aconteceu o relançamento da exposição “Registros Urbanos de Fernando Júnior: A Vida passa pela frente”, na Galeria do Largo. O evento acontece para fazer a estreia de um circuito de visitação acessível para pessoas com deficiência visual.

Das mais de 60 peças da exposição, 10 foram eleitas, de modo que abrangem sinteticamente, a essência do que está sendo exibido, mas com o uso do sistema de audiodescrição.

O foco do circuito de visitação acessível é atender a pessoas com deficiência visual. A audiodescrição das peças foi gravada em canetas Pentop, de modo que as informações proporcionam a possibilidade de transcender o que a tela ou o quadro exibem ao alcance do olhar, por meio de palavras gravadas.

Nas canetas, são acoplados fones de ouvido e à medida que a pessoa se depara com uma peça audiodescrita, ela é capaz de saber detalhes de cor, textura, formato, sombras, entre outros aspectos das peças.

A entrada é gratuita e o acesso é aberto ao público de terça-feira a domingo, sempre das 16h às 21h. A mostra foi prorrogada até o dia 15 de dezembro, e o trabalho de Fernando Júnior tem curadoria de Sérgio Cardoso.

Comentário

Comentário

%d blogueiros gostam disto: