Go to Top

BUMBÁS: NOVA TEMPORADA E VELHOS PROBLEMAS

BOI BUMBÁ| Após todas as divergências e questionamentos entre a Diretoria do Boi Caprichoso, a nova e inexperiente Diretoria do Boi Garantido e o Governo do Estado do Amazonas, a Temporada Bovina 2015 na cidade de Manaus, que é a grande vitrine do Festival Folclórico de Parintins, teve inicio no último sábado (11/04).

A abertura da Temporada, tradicionalmente, é feita com a celebração de uma Missa de Ação de Graças, seguida de um Café da manhã. Este ano não foi diferente, a novidade ficou por conta do formato da Missa, posto que Movimento Amigos do Garantido (MAG) e Movimento Marujada (MM), representantes dos Bois na Capital, que optaram por realizar os ensaios juntos em Manaus no sentido de fortalecer a Cultura Regional, realizaram uma histórica e emocionante Missa conjunta na manhã do dia 11 de abril, no local já denominado Casa dos Bumbás, antiga Casa de Eventos Charriot localizado na Avenida Max Teixeira.

Confira as Fotos.

Sob o comando de Rivaldo Pereira, Diretor de Eventos do MAG, consagrado por pensar, fazer e multiplicar Cultura, a Casa dos Bumbás foi preparada e transformada em apenas uma semana. Os ares de abandono daquele local deram lugar a todo encanto e magia dos Bois de Parintins. Foram dias e noites de trabalho intenso, com amigos, da competente Diretoria do MAG, sócios do Boi, Associados do MAG, membro das facções e torcedores apaixonados que não mediram esforços para a limpeza, organização, pintura e reestruturação deste lugar, comenta Rivaldo Pereira, que deixou claro o reconhecimento e gratidão por todos os colaboradores em sua fala.

O Primeiro evento, realizado na noite do dia 11 de abril foi sucesso de público. A grandiosidade da festa deixou muito Diretor de Marketing impressionado, posto que no dia anterior ao lançamento do evento, não faltou quem quisesse dar opinião e tentar apontar erros (inexistentes). As Diretorias dos Bois não colaboraram em nada para realização dos ensaios em Manaus, pelo contrário, não deram apoio nenhum para a realização do Projeto aprovado pelo Ministério da Cultura no Valor de R$ 1.420.300,00 (Um Milhão, quatrocentos e vinte Mil e trezentos Reais), em um verdadeiro descaso com a Cultura e com o Folclore. Dinheiro que não pôde ser usado pelo não cumprimento do cronograma.

Para quem quiser verificar a aprovação do Projeto na íntegra, basta acessar o link:

http://novosalic.cultura.gov.br/cidadao/dados-projeto?idPronac=501eac548e7d4fa987034573abc6e179MTg0NTIyZUA3NWVmUiEzNDUwb3RT

Agravante ao descaso cabe ainda salientar que, a Diretoria do Boi Bumbá Garantido, além de não apoiar nem financeiramente ou com mão de obra, ou com apoio técnico, ainda celebrou contrato obrigando o repasse de 50% de todo o lucro obtido pelo MAG de todo e qualquer evento realizado, evidenciando os seus interesses através deste Contrato com Cláusula Leonina, quando uma das partes é prejudicada pela posição privilegiada do outro pactuante.

A expressão cláusula leonina tem sua origem numa fábula de ESOPO: um cavalo, uma cabra e uma ovelha haviam feito um acordo com um leão e caçaram um cervo. Partindo-o em quatro partes, e querendo cada um levar a sua, disse o leão: a primeira parte é minha, pois é meu direito como leão; a segunda me pertence porque sou mais forte que vós; a terceira também levo porque trabalhei mais que todos; e quem tocar a quarta me terá como inimigo, de modo que tomou todo o cervo para si.

 

 

 

Comentário

Comentário

%d blogueiros gostam disto: