Go to Top

CONCURSO DE FANTASIAS E MÁSCARAS, EDIÇÃO 2017 LOTOU TEATRO AMAZONAS

CARNAVAL 2017| Um Teatro Amazonas lotado assistiu, na noite deste domingo (26), à 14ª edição do Concurso de Fantasias e Máscaras Adulto, realizado anualmente pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC). O concurso, que contou com as modalidades Fantasia Adulto e Máscaras, teve recorde de inscrições nesta edição: 83 candidatos.

O arquiteto Achilles Fernandes, um dos jurados do concurso, elogiou as fantasias apresentadas no palco do Teatro Amazonas. “É um trabalho maravilhoso realizado pelos artistas, não só as fantasias que eles produzem para o Carnaval no Sambódromo, mas também exclusivamente para o Concurso! Achei fantástico!”, completa.

Representando a escola de samba Mocidade Independente de Aparecida, como mestre-sala e porta-bandeira, Emerson Nascimento e Sara Moura tiveram seus trajes confeccionados em 45 dias, gastando em média R$ 35 mil. “É uma sensação muito boa, porque mais que competir, encontramos os amigos que só vemos mesmo no Carnaval, para conversar, tirar uma dúvida e se divertir. Na avenida e no palco nós competimos, mas nos bastidores, somos todos irmãos”, destaca Sara.

Na categoria Melhor Idade, quem levou o primeiro lugar foi Marilene Almeida, com a fantasia “Vovó Viciada em WhatsApp”. O segundo lugar ficou com Marilda Nascimento, a “Fabulosa de Las Vegas”, e o terceiro foi de Terezinha de Jesus, dona da fantasia “Chapeuzinho Vermelho Ficou Vovó e Caiu no Carnaval”.

O primeiro lugar na categoria Originalidade Feminino ficou com Ana Karla Petit, que trouxe ao palco do Teatro Amazonas a fantasia “De Caroços, Talos e Capemba, a Guardiã do Açaí”. Idonete Barbosa, com a fantasia “Sou Negra, Sou Brasil”, ficou em segundo lugar, e a “Deusa Medusa”, Rayssa Barreto, levou o terceiro lugar.

Já na categoria Originalidade Masculino, Clemilson Vieira ficou com o primeiro lugar, com a fantasia “Olha o Carro da Fruta Passando na Rua, Freguesa!”. Wallace França, dono da fantasia “Índia Tupy Pottyriana Antonelly do Uarini”, levou o segundo lugar, e Fábio Paz ficou com o terceiro lugar, com a fantasia “A Ópera da Floresta Amazônica”.

Na categoria Luxo Feminino, quem levou o primeiro lugar foi Ariane da Silva, trajada de “Sacerdotisa da Escuridão”. Mônica Gonçalves, homenageando o Teatro Amazonas com a fantasia “A Divina Celebração dos 120 Anos do Majestoso Teatro Amazonas”, ficou em segundo lugar, e Waldemarina Barbosa, a “Sacerdotisa da Paz”, ficou com o terceiro.

Já na categoria Luxo Masculino, o “Alucinante Crepúsculo”, fantasia de Marcos Matos, levou o primeiro lugar. Luís Carlos Duarte, que vestiu a fantasia do “Príncipe das Marés”, ficou com o segundo lugar, e José Machado, o “Senhor dos Tons, das Matizes e Cores”, ficou em terceiro lugar.

O prêmio maior da categoria Mestre-Sala e Porta-Bandeira ficou com José Luiz Martins e Elane Batista Mendes, da escola de samba Reino Unido da Liberdade, com a fantasia “Riquezas Naturais”. Hans Müller e Érica Oliveira, da Unidos do Alvorada, levaram o segundo lugar com a fantasia “Sol e Chão Rachado do Sertão”, e Anderson Oliveira e Leandra Gomes, também da Reino Unido da Liberdade, ficaram em terceiro lugar, com a fantasia “A Riqueza do Povo da Floresta”.

Fechando o concurso, na categoria Melhor Máscara – Originalidade, Mauro Valente foi o vencedor, com o tema “Educar é Preciso, Brasil!”. Já na categoria Melhor Máscara – Luxo, Rudson Santiago, dono da máscara “O Luxo do Coringa”, venceu.

Comentário

Comentário

%d blogueiros gostam disto: