Go to Top

MESA BRASIL E REDE DE SOLIDARIEDADE CONQUISTAM NOVOS DOADORES

SOLIDARIEDADE| Com muita alegria o Serviço Social do Comércio em Roraima (Sesc-RR) celebra as novas parcerias realizadas. A instituição atua em Roraima com o Programa Mesa Brasil, na colheita urbana, modalidade que consiste em coletar do produtor e repassar às instituições cadastradas no programa. Além disso, é desenvolvido também a colheita direta na área de plantio, através de voluntários no Projeto Rede de Solidariedade.

Recentemente, novas parcerias foram realizadas com o Mesa Brasil e com a Rede da Solidariedade, são elas: Granja Santo Antonio, Granja Nossa Senhora de Nazaré, Natulac Fabricação de Laticínios e Fazenda Kato Kimura.

Lisiane Lazzarotto, assistente social do Sesc, afirma que o Mesa Brasil e a Rede de Solidariedade, são ações que buscam amenizar a fome e o desperdício de alimentos. Ela explica ainda que o Programa Mesa Brasil é nacional e desenvolvido pelo regional de Roraima há mais de 13 anos com a parceria da Via Companhia Nacional de Abastecimento(CONAB), Programa de Aquisição de Alimentos(PAA), Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Estado (SEAPA), além de produtores e empresários locais.  

Já o Rede de Solidariedade, tem sido inovador e alcançado excelentes resultados após sua implantação. “Criamos este projeto para atendermos um maior número de famílias, por isso idealizamos de maneira que se identifique com a nossa realidade e possibilidades. Contamos com o apoio de novos doadores e empresários para que este trabalho chegue ainda mais longe, suprindo as necessidades de crianças, adultos e idosos”, afirmou Lisiane.

Como doar? – Empresários e produtores podem contribuir com alimentos com frutas, verduras, legumes, frios, laticínios, grãos, cereais, enlatados e conservas, pães e massas, carnes e derivados. Basta entrar em contato pelo telefone 3624.9857 e receber a visita da assistente social do Sesc.

Mesa Brasil – Um programa desenvolvido em todos os regionais da instituição espalhados pelo Brasil, atuando como um agente coletor de alimentos em empresas do ramo, para serem doados às instituições cadastradas. É desenvolvido um trabalho de resgate à cidadania, na medida em que minimiza o quadro de desnutrição vivenciada por tantas crianças, levando também qualificação profissional através dos cursos e treinamentos destinados aos funcionários das entidades sociais beneficiadas.

Rede da Solidariedade – O projeto foi lançado com a proposta de intensificar a distribuição de alimentos, aumentando assim o número de entidades, creches, associações e famílias beneficiadas. Há um calendário de Colheita Urbana Semanal, em áreas de plantio que recebem os voluntários capacitados para a colheita após a autorização do produtor. Estima-se que até dezembro de 2017, 514 Kg de alimentos sejam repassados para as famílias cadastradas no projeto.  

Comentário

Comentário

%d blogueiros gostam disto: