Go to Top

ARTISTAS ACORRENTADOS CONSEGUEM QUE GDF RECONHEÇA DÉBITOS DO FAC

CULTURA|Depois de reunião com o secretário de Planejamento, Paulo Antenor de Oliveira, os 17 manifestantes que estavam acorrentados desde às 11h decidiram interromper o protesto. O gestor se comprometeu a empenhar os recursos do Fundo de Apoio à Cultura (FAC), que somam R$ 43 milhões. A classe artística brasiliense alega que não recebeu a verba de projetos analisados e aprovados pelos editais do FAC de 2014.

O Governo do Distrito Federal tem até a próxima segunda-feira (15/12) para empenhar os mais de 250 projetos. “Eu posso excepcionar essa data, se fosse o caso. Porém, não acho que será necessário”, explicou o secretário de Planejamento, Paulo Antenor de Oliveira.

Mais cedo. os artistas se acorrentaram dentro do gabinete do secretário e prometeram não sair até negociar o repasse de verbas do FAC, além do pagamento dos cachês de artistas que foram contratados diretamente pela Secretaria de Cultura. Embora o FAC tenha recebido o compromisso do gestor, o valor a ser pago pela Secretaria de Cultura não depende do Planejamento, mas da Fazenda.

Por enquanto, os R$6 milhões devidos pela Secretaria de Cultura, referentes às apresentações em questão, seguem sem data de pagamento, assim como a quantia relacionada ao FAC. Eventos como o Latinidades e Satélite 061 foram prejudicados. Artistas locais e de renome nacional, como Elba Ramaho e Elza Soares, não receberam os respectivos cachês, embora já tenham se apresentado.

Comentário

Comentário

%d blogueiros gostam disto: